Calgary Expo: James McAvoy fala sobre Jennifer Lawrence, Bill Skarsgard e se Charles Xavier e Magneto são um casal romântico

Via Calgary Herald: De quem James McAvoy era fanboy neste fim de semana na Calgary Expo?

Foi uma das primeiras perguntas na tarde de sábado, durante uma conversa de perguntas e respostas com o ator escocês, cuja exposição de fãs inclui tudo, desde interpretar um jovem Charles Xavier em quatro filmes dos X-Men, Bill Denbrough na adaptação de Stephen King em ‘It: Capítulo Dois’, um sequestrador arrepiante com múltiplas personalidades em ‘Fragmentado’ de M. Night Shyamalan e Lord Asriel Belacqua na série ‘His Dark Materials’.

“Jonathan Frakes está aqui”, disse MacAvoy rapidamente, referindo-se ao ator e diretor mais conhecido por interpretar o comandante William Riker em ‘Star Trek: The Next Generation’ e ‘Star Trek: Picard’. “Eu sou um Trekkie. Eu amo quase tudo isso e até as coisas que eu não amo, fico feliz que exista. Ele é ótimo e não apenas interpretou Will Riker, mas também dirigiu e produziu muito disso. Ele é responsável por muitas coisas que amamos.”


Confira todas as imagens deste álbum

A revelação veio depois que um membro da platéia fez uma pergunta sobre a etiqueta dos fãs, uma pergunta estranhamente apropriada em uma exposição de fãs, perguntando ao ator o que fazer e o que não fazer ao abordar celebridades.

“Sempre, toque no meu bumbum primeiro”, brincou. “Certifique-se de me pagar o jantar antes de enfiar a língua. Não sei. Eu nunca prescreveria regras. Apenas o respeito geral é sempre apreciado em qualquer relacionamento com qualquer pessoa em qualquer palco ou em qualquer posição em que você esteja. Eu sempre digo também, se a pessoa estiver com o filho, deixe-o em paz. Nove em cada dez vezes, mesmo quando é um herói meu, eu simplesmente os deixo em paz.”

Dado que os organizadores da Calgary Expo agora tendem a mudar as conversas para as perguntas do público imediatamente, em vez de começar com uma conversa entre ator e moderador, grande parte do painel com duração de uma hora de sábado à tarde no Stampede Park foi tomada por fãs e um longo fluxo de perguntas do tipo “qual o seu favorito…?” ou “qual foi o maior desafio…?”. Mas McAvoy também conseguiu oferecer informações sobre como trabalhar com Jennifer Lawrence em X-Men e Bill Skarsgard em It: Capítulo Dois, o relacionamento romântico inferido entre Charles Xavier e Erik Lehnsherr (Magneto, interpretado por Michael Fassbender) em X-Men e como ele conseguiu aquela atuação em ‘Fragmentado’, onde interpretou um personagem com transtorno dissociativo de identidade que tem 23 personalidades.

“M Night tentou manter cada personagem para si”, disse ele, sobre as filmagens do thriller de 2016. “Se eu estivesse fazendo Hedwig, tentaríamos fazer tudo sobre Hedwig. Se eu fosse Patrícia, faríamos tudo sobre Patrícia. Houve momentos em que mudávamos de um para o outro na tela e houve momentos em que simplesmente não podíamos fazer isso. Tínhamos que fazer a filmagem do dia e isso significava que eu tinha que fazer quatro personagens em um dia. Isso foi louco. Também foi apenas parte do desafio. Isso não dificultou. A coisa mais difícil seria se fosse mal escrito. Por mais que isso fosse muito trabalho pesado, em termos de atuação, era um trabalho bom e sólido… Foi tudo bom, suor positivo.”

McAvoy conheceu a vencedora do Oscar Jennifer Lawrence quando trabalharam juntos nos filmes dos X-Men, onde ela interpretou Mística. A futura vencedora do Oscar tinha apenas 18 anos quando trabalharam juntos pela primeira vez.

“Desde a primeira vez que Jennifer – literalmente, no primeiro momento em que conheci Jennifer, fiquei impressionado com a energia daquela mulher”, disse ele. “Ela mal era uma mulher, tinha 18 anos, eu acho. Ela estava pegando fogo. A energia e a velocidade de pensamento que ela tem, uma das mentes mais rápidas que já conheci no ramo. Ela é tão perspicaz. Ela é tão engraçada e tão barulhenta.”

Ele também tinha fortes sentimentos sobre Bill Skarsgard, que interpretou o demônio comedor de crianças Pennywise, o palhaço dançarino em ‘It Capítulo Dois’.

“A parte mais difícil para mim foi estar perto de Bill Skarsgard por qualquer período”, diz ele. “Ele arrumado como Pennywise era estranho, cara. Esse cara é especial, ele tem algo. Ele consegue ligar e desligar. Ele pode ligá-lo (o personagem) mesmo sem a maquiagem. A musculatura de sua boca é tão particular e peculiar para ele.”

Um fã perguntou se ele havia recebido feedback negativo online por seu apoio à teoria de que existe um subtexto romântico entre Charles e Erik na franquia X-Men. McAvoy diz que não sabe porque nunca olha os comentários online.

“E se eu tiver, foda-se eles”, disse McAvoy, seguido de aplausos. “É um lindo relacionamento de profundo amor e carinho lá. Eu só acho que é um relacionamento incrível e se as pessoas querem imaginá-los assando cupcakes e brincando um com o outro, isso é ótimo. Honestamente, há muitos desenhos e artes de nós dois fazendo cupcakes juntos.”

Caso o vídeo com o painel completo seja disponibilizado, postaremos aqui!